Filme: Jumper

Fiquei surpreso com o filme “Jumper”. Apesar de não se tratar de um filme originário de histórias em quadrinhos, a temática é parecida e os quadrinhos são citados várias vezes no filme. O que é curioso, pois esse parece ser o primeiro filme no estilo que usa alguns elementos chaves de quadrinhos. Nada no filme é explicado, o garoto consegue se teleportar e pronto, e o mesmo ocorre para os antagonistas e coadjuvantes. A história fraca (ou a ausência de história) é usada de forma estratégica para deixar lacunas para continuações. O caráter dos personagens também não é claro, vai se desenvolvendo aos poucos. Embora tudo isso seja lugar comum nas histórias em quadrinhos, esses recursos foram raramente utilizandos em todas essas produções recentes.

No mais é claro, não vá ver o filme se não estiver  com um mínimo  de tolerância, como se tivesse ido ver o Homem-Aranha, por exemplo. Filmes assim acabam sempre mandando boa parte do bom senso e da lógica embora.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s