Feios

Estou lendo o livro Feios de Scott Westerfeld e gostando bastante. Em um trecho do livro, as personagens principais simulam em um computador como poderiam ficar os seus rostos em um computador. Logo no início o programa divide uma foto em duas metades e monta dois novos rostos com as metades espelhadas – uma vez que se espera que o rosto simétrico seja mais bonito. Esses dois rostos servem como ponto de partida para se montar o modelo de novo rosto.
Achei isso interessante e resolvi testar, fazendo um pequeno programa em Python para reproduzir o efeito. Os resultados ficaram engraçados.

import Image

im = Image.open(“minhafoto.jpg”)

lefthalf = im.crop((0,0,(im.size[0]/2), im.size[1]))

righthalf = im.crop(((im.size[0]/2),0,im.size[0], im.size[1]))

leftflip = lefthalf.transpose(Image.FLIP_LEFT_RIGHT)

rightflip = righthalf.transpose(Image.FLIP_LEFT_RIGHT)

result = Image.new(“RGBA”, (im.size[0]*3,im.size[1]))

result.paste(im,(0,0))

result.paste(lefthalf, (im.size[0],0))

result.paste(leftflip, ((im.size[0] + im.size[0]/2) ,0))

result.paste(rightflip, (im.size[0]*2,0))

result.paste(righthalf, (im.size[0]*2+im.size[0]/2,0))

result.show()

Para usar o programa, é preciso usar uma foto bem centralizada. Alguma edição pode ser necessária, pois detalhes muito assimétricos como uma linha de corte de cabelo ou pintas podem ficar estranhas se espelhadas. Além disso, se o rosto estiver um pouco enclinado, o resultado vai ficar estranho – a edição pode ajudar nisso também.

Eu usei uma foto antiga minha, quando estava bem acima do peso. O meu lado esquerdo formou um rosto obeso com olhar triste. O meu lado direito acabou gerando um rosto mais familiar, mais parecido com o meu atual.

Eu acho que nem perceberia mudança alguma em uma versão do Rufino feita a partir de sua metade direita. Mas a outra passaria por mim sem despertar suspeitas, eu não saberia quem é:

O lado esquerdo do LEdu gerou um rosto intelectual – eu diria até que lembra um pouco o Cérebro da dupla Pink e Cérebro. Já o lado direito…

Gerou um tremendo casca grossa, pronto para ser personagem de alguma versão futura do Doom ou Quake!

O livro descreve um resultado bem semelhante, descrevendo um dos rostos resultantes da personagem parecendo mais frágil e o outro mais selvagem.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s